O empresário Carlos "Caito" Teixeira foi hoje eleito presidente da Federação de Futebol da Guiné-Bissau (FFGB) para um mandato de quatro anos, numas eleições em que obteve 36 votos contra 12 do seu principal adversário, Fernando Tavares.

Lino Lopes, presidente da comissão eleitoral, declarou Caito Teixeira como vencedor do escrutínio "com maioria absoluta dos votos" logo na primeira volta, totalizando 75% de votos dos 48 delegados.

Nas suas primeiras declarações enquanto novo líder da federação guineense, Caito Teixeira, antigo jogador do Tondela, entre outros clubes portugueses, prometeu trabalhar para "unir a família do futebol", desavinda, nos últimos anos, devido às guerras entre dirigentes.

Teixeira promete lançar uma plataforma do diálogo com todos os atores do futebol da Guiné-Bissau, seja os que se encontram no país, como os do estrangeiro.

"A partir de hoje está enterrado o machado de guerra. Esta vitória é do futebol. Dirijo-me particularmente ao meu irmão mais velho Fernando Tavares para lhe estender a mão para trabalharmos em prol do futebol", declarou Caito Teixeira.

O novo presidente da FFGB foi jogador profissional em Portugal e na Suíça, depois de ter despontado para o futebol no Estrela Negra de Bissau (clube militar) e mais tarde representar a seleção nacional guineense.

Caito Teixeira é empresário ligado ao comércio e turismo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.