A FIFA irá recorrer para um tribunal civil de Lausanne, Suíça, para recuperar cerca de 1,8 milhões de euros que Joseph Blatter pagou "de forma indevida" a Michel Platini. Este pagamento do ex-presidente da FIFA, levou à suspensão por quatro anos do antigo presidente da UEFA.

"Recorremos à Câmara patrimonial cantonal", uma autoridade dependente do tribunal de Lausanne, informou à AFP o advogado da FIFA, o belga Denis Waelbroeck.

A FIFA tinha até dia 31 de dezembro para recorrer da decisão na justiça suíça.

"Pedimos o reembolso dos dois milhões de francos suíços, com juros, assim como o pagamento dos gastos com o processo e da multa", completou o advogado belga, sem dar o valor exato do pedido feito na justiça.

Platini tinha sido suspenso por oito anos em dezembro de 2015 por este pagamento recebido de Blatter. A punição acabou por ser reduzida para quatro anos pelo Tribunal Arbitral do Desporto (TAS).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.