O guarda redes da seleção de Curaçau morreu na madrugada desta segunda-feira, vítima de enfarte. A informação foi avançada pelo ministro da Juventude do Haiti, Charles Edwing, na conta oficial do Twitter do governante de Port-au-Prince.

Jairzinho Pieter era o guarda-redes suplente da seleção que devia enfrentar o Haiti, em jogo a contar para a Liga das Nações da Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caraíbas (CONCACAF).

Jairzinho Pieter, de 31 anos, morreu no hotel onde está concentrada a seleção do Curaçau , em Port-au-Prince, capital do Haiti. Ainda chegou a ser transportado para o hospital mas já chegou sem vida.

Haiti e Curaçau defrontam-se esta terça-feira às 23:00 (hora de Lisboa).

*Artigo atualizado

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.