Os clubes húngaros poderão voltar a receber adeptos nos seus estádios sem restrições sanitárias relacionadas ao novo coronavírus, anunciou esta quinta-feira a federação de futebol do país (MLSZ).

O campeonato húngaro recomeçou com jogos à porta fechada no dia 23 de maio. A partir do dia 28, os clubes foram autorizados a receber público, mas respeitando as medidas sanitárias, como deixar três lugares vagos entre cada adepto.

A MLSZ anunciou que essas restrições foram removidas, uma vez que o estado de emergência decretado pelo governo durante a epidemia foi suspenso nesta quinta-feira.

"A partir de agora, os clubes podem abrir as bancadas dos seus estádios sem restrições", anunciou a federação.

A Hungria, que tem quase 10 milhões de habitantes, não foi tão afetada pela pandemia de COVID-19 como outros países europeus. O país registou 570 mortes e apenas 4.000 casos foram detectados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.