Jorge Mendes foi distinguido melhor agente do planeta pela sétima vez em oito possíveis na gala Globe Soccer Awards, que também coroou Cristiano Ronaldo como melhor futebolista no ano pela quinta vez.

Desde 2010, quando se iniciaram estes prémios, o empresário Jorge Mendes apenas falhou o ‘título’ de melhor agente em 2016, para o italiano Mino Raiola.

O Real Madrid também foi eleito, pela terceira vez (2014, 2016 e 2017), a melhor equipa dos Globe Soccer Awards, que já vão na oitava edição, batendo o Mónaco, de Leonardo Jardim, e o Manchester United, de José Mourinho, um novo recorde, deixando para trás o rival Barcelona com os êxitos em 2011 e 2015.

Zinedine Zidane foi o melhor treinador, à frente de Mourinho, que venceu a Liga Europa pelos ‘red devils’, e dos italianos Antonio Conte (Chelsea) e Massimiliano Allegri (Juventus).

A Liga de Espanha também foi agraciada com o título de melhor campeonato e o antigo ‘capitão’ do Barcelona Carles Puyol recebeu o troféu carreira desportiva, batendo o italiano Alessandro del Piero.

O italiano Marcelo Lippi foi homenageado pela trajetória enquanto treinador e o alemão Felix Brych destacado como o melhor árbitro do ano.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.