O Olympiacos, treinado pelo português Pedro Martins, venceu hoje na receção ao Aris de Salonica por 3-1, na 28.ª jornada da Liga grega de futebol, cimentando a liderança, agora com mais 17 pontos do que o segundo classificado.

A equipa do Pireu resolveu, praticamente, o desfecho da partida na primeira parte, com três golos no espaço de 11 minutos, aos 27, 28 e 38 minutos, os dois primeiros do médio da Guiné-Conacri Mady Camara e o terceiro pelo avançado grego Giorgios Masouras.

A superioridade do Olympiacos, com o internacional português José Sá na baliza, nunca esteve em causa, apesar de a equipa de Salonica ter conseguido reduzir a desvantagem, graças a um golo do avançado nigeriano Brown Ideye, aos 64 minutos.

O Olympiacos dispôs ainda de uma oportunidade soberana, aos 84 minutos, para fazer o 4-1, mas Konstantinos Fortounis falhou a execução de um penálti.

De registar que o central português Rúben Semedo não entrou nas contas de Pedro Martins para esta partida, ao contrário de Cafú, que começou a partida no banco, mas foi lançado em campo aos 52 minutos para render o médio Andreas Bouchalakis.

Pelo Aris, Bruno Gama foi titular, sendo substituído aos 76 minutos, enquanto Hugo Sousa entrou quase em ‘cima’ do intervalo, aos 45+2.

Com esta vitória, o Olympiacos continua a ‘passear' a sua supremacia no campeonato, que lidera com 72 pontos, seguido do AEK Atenas, que venceu hoje fora o OFI Creta por 2-0 e subiu ao segundo lugar, com 55, ultrapassando o PAOK, treinado pelo português Abel Ferreira, que empatou no sábado sem golos em Atenas, frente ao Panathinaikos, e caiu para terceiro, com 53.

Finalizadas as primeiras 26 jornadas da Liga grega, as 14 equipas foram divididas em dois grupos, um que integra os seis primeiros, Olympiacos, AEK Atenas, PAOK, Panathinaikos, Aris e o OFI Creta, que vai definir o campeão e os lugares europeus, e outro que integra os restantes oito, que disputam um ‘play-off' de manutenção.

A Liga da Grécia esteve suspensa desde meados de março, devido à pandemia da covid-19, até 06 de junho, com o arranque da disputa do chamado 'grupo dos campeões' e do 'play-off' para apurar os lugares de manutenção.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.