Roberto Mancini vai deixar o leme da seleção de Itália depois de terminado o Mundial de 2022, no Qatar. A informação foi dada pelo próprio atual selecionador italiano.

"Vou deixar a seleção depois do Mundial de 2022. Vou voltar a orientar um clube", revelou o antigo avançado.

Mancini deixou mesmo algumas sugestões sobre quem gostava que lhe sucedesse no leme da 'Squadra Azzurra'.

"Temos muitos treinadores que podem ser escolhidos. Por exemplo Allegri, Ancelotti ou Gasperini. Eles podem orientar a seleção", sublinhou.

À frente da seleção principal transalpina desde 2018, Roberto Mancini soma 18 vitórias, sete empates e apenas duas derrotas, tendo colocado pela primeira vez a Itália na fase final da Liga das Nações, a disputar em outubro deste ano.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.