Foi um mercado de sonho em termos de vendas para o Mónaco. O clube do Principado conseguiu o melhor saldo de vendas e de compras deste mercado de transferências, se tivermos em conta as cinco principais ligas europeias.

Num estudo publicado pelo Observatório de Futebol/CIES, percebe-se que o emblema treinado por Leonardo Jardim conseguiu melhor saldo, ao fazer 105 milhões de euros em compras e 394 milhões de euros em vendas, perfazendo um total de 289 milhões de euros positivos.

Em segundo lugar, surge o Borussia de Dortmund. O clube alemão aproveitou a venda de Dembélé para o Barcelona para fazer grande parte dos 199 milhões de euros em vendas, realizando ainda 89 milhões de euros em compras. No total, consegue um saldo positivo de 110 milhões de euros.

A completar o top-3, está o Lyon. O emblema francês fez 129 milhões de euros em vendas e fez 57 milhões de euros em compras, perfazendo um saldo positivo de 72 milhões de euros.

Em sentido contrário, o Paris Saint Germain é o clube que mais dinheiro gastou, ao realizar 418 milhões de euros em compras e fazendo apenas 75 milhões de euros em compras. Desta feita, o vice-campeão gaulês terminou a participação no defeso com um saldo negativo de 343 milhões de euros.

O AC Milan, outro dos grandes gastadores deste mercado, encontra-se em segundo lugar, realizando 250 milhões de euros em compras e apenas 61 milhões de euros em vendas, perfazendo um saldo negativo de 189 milhões de euros.

A finalizar o top-3 de balanços negativos, está o Manchester United de José Mourinho. Os 'red devils' gastaram 197 milhões de euros em compras e apenas receberam 11 milhões de euros de vendas. No total, o clube de Old Trafford terminou o defeso com um balanço negativo de 186 milhões de euros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.