Os jogos internacionais de clubes e de seleções na Arménia e no Azerbaijão foram suspensos pela UEFA, com o organismo europeu do futebol a justificar a decisão com a situação de insegurança em Nagorno-Karabakh.

A medida, hoje tomada pelo comité executivo da UEFA, é de "suspensão até nova ordem" e vai assim ao encontro do que já fora posto em prática na Liga das Nações e na Liga Europa, em que se disputaram jogos em campo neutro.

"Tendo em conta a tensa situação de segurança na região de Nagorno-Karabakh, o comité executivo da UEFA decidiu hoje que os jogos das competições de clubes e de seleções nacionais da UEFA não se realizem na Arménia e no Azerbaijão, até nova ordem", pode ler-se no comunicado emitido após a reunião.

A UEFA pede às federações nacionais dos dois países e aos clubes envolvidos que proponham "sedes alternativas para os seus próximos jogos nas competições da UEFA" e acrescenta que tal não afetará a planificação em curso dos jogos em Baku para o Euro2020 do próximo ano.

A nível de clubes, a medida vai afetar o Qarabag, do Azerbaijão, que está na fase de grupos da Liga Europa.

Por outro lado, a UEFA decidiu cancelar a Ronda de Elite e a fase final do Europeu de sub-19, que se devia realizar na Irlanda do Norte, por causa da pandemia de covid-19 e das "consequentes dificuldades em viajar".

Como o torneio devia definir cinco vagas para o Mundial de sub-20 do próximo ano, a UEFA decidiu que esses lugares seriam para os países atualmente com melhor coeficiente, ou seja Portugal, Inglaterra, França, Itália e Países Baixos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.