Com Cristiano Ronaldo, Messi e Neymar a fazerem parte da maioria das escolhas dos selecionadores, capitães e jornalistas dos países que votaram para o prémio 'The Best' atribuído pela FIFA, ainda assim, houve espaço para algumas surpresas.

Aqui ao lado em Espanha temos já o caso de Julen Lopetegui, selecionador espanhol, que deixou de fora o trio, elegendo Sergio Ramos, Luka Modric e Harry Kane.

Mas existem inúmeros exemplos de cinco pontos que não foram embolsados por CR7, Messi e Neymar. Nas Domenica, o capitão Bertrand Euclid deu cinco pontos ao médio francês N´Golo Kanté. No distante arquipélago de Vanuatu, o representante da imprensa atribuiu cinco pontos ao dianteiro do Tottenham Harry Kane. Já em Macau, antigo território português, o selecionador Chan Hiu Ming deixou Ronaldo de fora, elegendo Buffon, Griezmman e N´Golo Kanté.

Aqui mais perto no velho continente, Michael Skibbe, selecionador da Grécia, atribuiu cinco pontos a Tony Kroos, três pontos a Hazard e um ponto a Aubameyang. Gordon Strachan, que deixou recentemente comando da Escócia, concedeu cinco pontos a Modric, três a Kanté e um a Messi.

Veja todas as votações

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.