Pelo menos oito futebolistas e dirigentes do Estrela da Guiné Conacri morreram esta quinta-feira devido a um acidente com o autocarro em que seguiam no centro do país africano, com o balanço provisório a incluir vários feridos.

“Há oito mortos e alguns feridos, incluindo jogadores, membros da administração e acompanhantes adultos. Quatro jogadores morreram instantaneamente e as outras vítimas faleceram no hospital em Mamou”, confirmou uma fonte médica, acrescentando que “o balanço pode piorar devido à gravidade dos ferimentos”.

O veículo que transportava os membros do clube da segunda divisão para Kakan “derrapou antes de bater em uma árvore na estrada", explicou à AFP Alpha Mamoudou Diallo, criador que afirma ter testemunhado o acidente.

Os acidentes rodoviários são frequentes na Guiné Conacri, geralmente devido às más condições das estradas, veículos em mau estado e indisciplina de muitos condutores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.