Nasser Al Khater, representante do Comité Organizador do Mundial2022, no Qatar, disse hoje que o evento espera cerca de 1,2 milhões de adeptos, que vão poder ficar nas ‘vilas de adeptos, e que será uma competição “única”.

"Esperamos cerca de 1,2 milhões de espetadores e para além dos hotéis, que são muitos e de boa qualidade, tivemos uma solução inovadora. Um novo conceito de alojamento nas ‘vilas de adeptos’, com zona de hospitalidade e entretenimento. Os adeptos poderão ficar no deserto e viver uma experiência completamente nova", explicou Al Khater.

O representante do Comité, presente no ‘World Football Summit’, em Madrid, referiu ainda que a organização tem a tecnologia, se for necessário, para evitar o calor nos recintos, mas que acredita que as temperaturas não vão ser demasiado altas no período em que se realiza o Mundial.

"Não é novo para nós. Temos os meios para controlar a temperatura dentro do campo e estabelecer um microclima com 19 graus no interior, embora possa haver 39 ou 40 no exterior, mas em novembro e dezembro não será tão alto", justificou.

Al Khater mostrou-se confiante em que o Mundial “demonstrará o trabalho do país”, que diz ser feito há anos e que vai ser “uma celebração internacional”, uma “oportunidade para se mostrarem ao mundo”.

O Mundial do Qatar disputa-se de 21 de novembro a 18 de dezembro de 2022.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.