O colombiano Reinaldo Rueda deixou de ser o selecionador de futebol do Chile, posto que ocupava há dois anos, revelou, na quarta-feira, a federação chilena.

"A Federação de futebol do Chile (FFCH) anuncia que o diretor técnico Reinaldo Rueda chegou a acordo para deixar de estar à frente da seleção chilena", revela a FFCH, em comunicado.

Aquela federação está agora à procura de um novo selecionador para que este comande a equipa nos jogos previstos para março da fase de qualificação da zona sul-americana para o Mundial do Qatar de 2022.

Rueda, cujo principal resultado à frente da seleção chilena foi o quarto lugar na Copa América de 2019, disputada no Brasil, é o favorito para render o português Carlos Queiroz, demitido no início do mês de dezembro, à frente da seleção colombiana.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.