O futebolista senegalês Sadio Mané, do Liverpool, partiu um osso da mão esquerda ao serviço da sua seleção, na qualificação para a Taça das Nações Africanas, e não estará disponível para o jogo de hoje no Sudão.

O médico da seleção senegalesa, Abdourahmane Fedior, disse que o avançado se lesionou no último jogo, também diante do Sudão, em que o Senegal venceu por 3-0 no seu país, sendo que um raio-x revelou uma fratura do polegar esquerdo.

O selecionador Aliou Cissé confirmou a ausência de Mané, o principal destaque da equipa, do segundo encontro com o Sudão no espaço de três dias, a contar para o grupo A da qualifcação Taça das Nações Africanas, no qual o Senegal é líder com 7 pontos, juntamente com Madagáscar, e o Sudão é o lanterna-vermelha sem qualquer ponto.

Sadio Mané, de 26 anos, é um dos 30 nomeados para a conquista da Bola de Ouro, atribuída pela France Football ao melhor futebolista do ano.

Além do senegalês, também Mohamed Salah, egípcio do Liverpool e outro dos nomeados para a Bola de Ouro, se lesionou na fase de qualificação da Taça das Nações Africanas, tendo regressado ao clube inglês após uma lesão na perna.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.