O Guangzhou Evergrande revalidou o título de campeão da liga chinesa. A equipa orientada pelo antigo selecionador de Portugal, Luíz Felipe Scolari, beneficiou da derrota do Shanghai SIPG de André Villas-Boas para conquistar o terceiro título com o brasileiro ao leme, o sétimo consecutivo.

A equipa de Villas-Boas perdeu com o Guangzhou R&F, por 2-1, numa 28ª e antepenúltima da prova e ficou a nove pontos do líder, pelo que já não conseguirá chegar ao primeiro lugar. Isto porque o Guangzhou Evergrande de Scolari goleou o Guizhou Zhicheng, por 5-1 e passou a ter nove pontos de vantagem sobre o Shanghai SIPG.

O Shanghai SIPG perdeu em casa, com os golos do Guangzhou R&F a serem apontados Jiang Jihong e do israelita Zahavi, aos cinco e 49 minutos, respetivamente. A equipa de André Villas-Boas, que contou com Ricardo Carvalho a titular, reduziu pelo inevitável Hulk, ex-FC Porto, ele que tinha falhado uma grande penalidade no primeiro tempo.

Villas-Boas, que foi eliminado nas meias-finais da Liga dos Campeões Asiáticos, ainda pode vencer a Taça da China, já que defronta o Shanghai Shenhua na final.

Já o Guangzhou Evergrande de Scolari goleou, com golos dos brasileiros Alan, Ricardo Goulart e Muriqui e dos chineses Gao Lin, Yu Hanchao e Du Wei (este último, autogolo).

Scolari já avisou que vai deixar o futebol chinês no final desta época quando terminar o seu contrato.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.