Pepe saiu em defesa do colega de equipa e do seu treinador. Quanto a Mourinho, sente que o que o torna diferente «é o seu grau de exigência».

«Estamos no melhor clube do mundo. Além disso, o Cristiano, como jogador, e o Mourinho, como treinador, são os melhores. Tudo isso provoca invejas e frustrações em muitos setores», disse o central luso-brasileiro em entrevista ao Público.

Quanto ao rival Barcelona, Pepe não sente que seja uma equipa invencível, «e isso provam os dois jogos da Supertaça», e que não é Messi a fazer a diferença na equipa catalã.

«O Messi é um jogador com uma qualidade incrível, mas eu acredito que o que acaba por pesar mais é o colectivo do Barcelona. É muito forte, tem excelentes jogadores. Por alguma razão o Messi não consegue provar o que vale quando joga pela selecção da Argentina. Até por isso, acho que o colectivo do Barça é que acaba por fazer a diferença», frisou Pepe.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.