O treinador do Spartak Moscovo, Valeri Karpin, disse não recear pelo estado psicológico da sua equipa, apesar da recente derrota frente ao Kuban na Liga russa de futebol e da vitória do FC Porto no Estádio da Luz.

«A única questão consiste em saber se a equipa recuperará a forma física até quinta-feira. No que respeita ao estado psicológico do grupo depois da derrota frente ao Kuban, estou calmo. A Liga Europa e o campeonato russo são dois torneios diferentes e, ao concentrarmo-nos num, temos de esquecer os falhanços no outro», declarou Karpin ao diário russo Sport Ekspress, depois de ter assistido à vitória do FC do Porto na Luz sobre o Benfica.

O técnico recordou uma situação idêntica passada recentemente:

«Recordo o jogo com o Ajax. Conseguimos uma vitória folgada com os holandeses depois do fracasso em Rostov.»

O treinador russo não espera grandes mudanças na equipa do FC Porto, em comparação com aquela que venceu o Benfica no domingo, assegurando o título nacional português.

«Penso que se houver, será um ou dois jogadores diferentes. Se as mudanças não disserem respeito a Falcao, o desenho do jogo dos portugueses não deverá ser outro. O colombiano é a figura fulcral no ataque, só há grandes mudanças quando o colombiano não entra em campo», precisou.

O técnico russo acrescentou:

«Vamos enfrentar uma equipa fisicamente forte, potente, onde cada artista estudou bem o seu papel.»

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.