Mais de 100 adeptos do Spartak Moscovo foram hoje detidos depois de terminado o jogo com o FC do Porto, da segunda mão dos quartos-de-final da Liga Europa de futebol, em que os “dragões” golearam os russos por 5-2.



«No fundamental, os adeptos foram detidos por se encontrarem embriagados, por tentarem transportar meios pirotécnicos e por terem lançado `very-lights´ durante o jogo», declarou Viatcheslav Khaustov, comandante da OMON (polícia de choque) de Moscovo.



Segundo dados oficiais, cerca de 16 mil adeptos do Spartak e 150 do FC do Porto presenciaram à vitória do clube luso, que lhe permitiu a passagem às meias-finais, com um total nas duas mãos de 10-3.



Antes do jogo, a polícia moscovita fizera 20 detenções entre adeptos do Spartak.