Michael Ballack deixou hoje claro que ainda se considera capitão da selecção alemã de futebol, apesar de essa função ter sido desempenhada por Philipp Lahm no Mundial2010 de futebol.

Ballack, 33 anos, falava durante a apresentação na sua nova equipa, o Bayer Leverkusen, clube pelo qual assinou, por dois anos, após deixar o Chelsea de Inglaterra.

O habitual capitão da Alemanha sofreu uma lesão num tornozelo no jogo da final da Taça da Inglaterra, que forçou a sua ausência no Mundial da África do Sul

“Eu penso que ainda vou continuar a ser capitão da seleção da Alemanha”, referiu Ballack, instado a comentar as declarações de Lahm, na véspera do encontro com a Espanha no Mundial2010, nas quais manifestava o desejo de manter-se como capitão da “mannschaft” após a competição.

“Se o Philipp pensa de forma diferente deveria discuti-lo com o treinador. Penso que o treinador decidirá”, acrescentou Ballack.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.