Cerca de 75 000 pessoas segundo a Guarda Urbana assistiram à final do Mundial na Praça de Espanha, e quando o jogador do FC Barcelona Andrés Iniesta marcou o golo da vitória na segunda parte do prolongamento, os gritos eufóricos de alegria e fogo de artificio foram lançados na capital catalã.

Pelo facto do autor do golo ser da equipa da cidade, ouviam-se gritos "golo catalão, Espanha campeã!". Porém, também se ouvia "Olé Olá Barcelona é espanhola!", mas o que mais se fazia ouvir eram os gritos de "e viva a Espanha!".

Depois do triunfo de Espanha, foram centenas as pessoas que foram para as fontes que activaram logo após o final de jogo. A fonte principal disparou água com luz vermelha, para acentuar a euforia do aficionados pelo "roja", campeã mundial.

Uma faixa com a frase "o polvo não falha!" via-se na Praça de Espanha, e eram dezenas os polvos feitos de papel com cores da bandeira espanhola, que seguravam alguns adeptos que assistiram ao jogo pelos ecrãs gigantes.

Pelas ruas e praças de Barcelona circulam neste momento centenas de automóveis com as bandeiras de Espanha, que apitam para demonstrar a sua alegria. "É um feito histórico. Espanha campeã do Mundo, ainda não acredito", disse emocionado à Lusa um adepto no meio dos milhares que festejavam.

Os "Mossos d'Esquadra" cortaram o trânsito nas imediações da Praça Espanha para possibilitar que os aficionados possam ir celebrar a pé pelas ruas a taça do Mundial de futebol.

São muitos os carros da Guarda Urbana que patrulham as ruas de Barcelona para evitar que os festejos terminem em estragos como já aconteceu anteriormente noutras celebrações futebolísticas na cidade catalã.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.