“Contem comigo para o que for preciso para conseguirmos fazer a melhor copa do mundo que um país já conseguiu fazer”, referiu Lula da Silva, no mesmo discurso onde elogiou jogadores como Cafu, Romário ou Bebeto.

No final do espectáculo, Lula da Silva, mais uma vez, acaba por furar o protocolo ao falar com os jornalistas em pleno palco e explicou a razão de não aproveitar a sua estadia na África do Sul para assistir à final do Mundial 2010.

O presidente do Brasil esclareceu a polémica sobre a manutenção de Ricardo Teixeira como presidente da Confederação brasileira de futebol dizendo que a “CBF é uma entidade privada” e que ele apenas lembrou que quando era presidente do sindicato decidiu “que não haveria mais de dois mandatos seguidos”, remetendo para a CBF a decisão do futuro presidente.

Lula considera que a campanha do Brasil neste Mundial foi positiva e estende os cumprimentos a toda a América do Sul.

A final do Mundial 2010 realiza-se no domingo, 11 de Julho, no Soccer City mas já está dado o pontapé de saída para a edição de 2014, a realizar no Brasil onde Lula da Silva espera que o Brasil seja campeão.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.