Os três canais generalistas querem fazer um acompanhamento a par e passo da preparação da selecção e do Mundial de Futebol apostando em jogos em directo, emissão em 3D e uma visão da África do Sul extra competição.

A SIC, segundo explicou à Lusa o responsável do canal pela Operação Mundial, Carlos Rodrigues, aposta no "acompanhamento a par e passo da seleção, nas transmissões de futebol e numa atenção particular a reportagens mais aprofundadas da realidade socioeconómica do país".

A estação de Carnaxide irá emitir 18 jogos da competição, dezasseis da primeira fase e dois dos oitavos de final e exibe ainda resumos alargados da competição na SIC Notícias.

O canal 1 da RTP irá emitir em directo 28 jogos do Mundial: 16 da primeira fase (que incluem o jogo de abertura e os de Portugal e do Brasil), quatro jogos dos oitavos de final, os jogos dos quartos de final e das meias-finais, além dos jogos dos terceiro e quarto lugares e o da final.

A RTP exibe ainda os três jogos de preparação da selecção nacional, marcados para 24 de Maio e 1 e 8 de Junho.

Estes três jogos serão também exibidos na TVI, que numa parceria com a Zon garante a transmissão dos dois primeiros em 3 dimensões (3D).

Assim, o Portugal-Cabo Verde, jogado a 24 de Maio e o Portugal-Camarões, marcado para 1 de Junho, ambos às 19:30, podem ser vistos em 3D no canal 270 da Zon.

A estação pública irá deslocar para a África do Sul uma equipa composta por 19 elementos para relatar tudo o que se passa no Mundial, mas não só.

"Teremos uma equipa de reportagem extra que dará conta de outras histórias da África do Sul, onde reside uma grande comunidade portuguesa", disse o director de informação do canal, José Alberto Carvalho.

A cobertura que a RTP fará do Mundial de Futebol, que decorre de 11 de Junho a 11 de Julho na África do Sul, estará disponível em diversas plataformas: televisão, rádio, internet (através do site da estação pública e das redes sociais) e telemóvel.

"É uma grande operação conjunta que congrega sinergias e competências", disse José Alberto de Carvalho.

Também a SIC apostou nas sinergias para a cobertura do Mundial, assim, além dos onze elementos que a televisão desloca para a África do Sul, "uma equipa de oito pessoas para fazer o acompanhamento dia-a-dia do Mundial e uma outra equipa com três para cobertura da área da programação", conta ainda com as equipas do Expresso e da Visão [também do grupo Impresa].

Além disso, a SIC e a brasileira TV Globo fecharam um acordo de parceria para a permuta de conteúdos jornalísticos sobre a participação das selecções de Portugal e do Brasil no Mundial.

Na estação de Carnaxide, a operação mundial começou a 22 de Abril com blocos noticiosos especializados na SIC e na SIC Notícias, uma página no site do canal dedicada à competição e com o programa "O Regresso dos Incríveis".

A SIC irá emitir ainda, no período pré-Mundial, duas grandes reportagens na África do Sul, "uma sobre Mandela e outra sobre a comunidade portuguesa que reside naquele país".

A operação da RTP começou com o estágio da selecção nacional na Covilhã e segue até 11 de Julho.

Além dos jogos e noticiários especializados, a RTP aposta ainda no entretenimento e irá, por exemplo, emitir programas de rádio e televisão a partir da Praça da Figueira, em Lisboa, e da Praça da Ribeira, no Porto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.