A Inglaterra acabou eliminada do Mundial de futebol com uma derrota, por 4-1, frente à Alemanha, mas o jogo dos oitavos de final ficou marcado por um lance em que a bola passou meio metro a linha da baliza alemã e o árbitro não viu.

“Era um golo importante. Não compreendo como é que nestes tempos, com tanta tecnologia, ainda falamos disto. Jogámos bem com 2-1 e devia ter sido o 2-2, mas a partir daí cometemos muitos erros e eles contra-atacaram bem”, disse Fábio Capello.

O treinador italiano admitiu que a Alemanha “é uma boa equipa” e que “jogou bem”, mas acrescentou: “cometemos erros, mas o árbitro cometeu o maior deles todos. É assim o futebol”.

Capello, seleccionador de Inglaterra desde Janeiro de 2008 e com contrato até 2012, referiu ainda não estar nos seus planos a demissão do cargo e que futuramente reunirá com o presidente da federação inglesa para decidir o seu futuro.

Apesar da goleada e da vitória “fácil” da Alemanha, também Joachim Low, seleccionador alemão, foi instado a comentar o lance.

“Pelo que vi na televisão a bola passou a linha. O golo deveria ter sido validado”, disse o técnico alemão, sem querer alongar-se muito mais em relação ao polémico lance, que marcou o jogo aos 38 minutos.

Ainda do lado inglês, o médio e capitão Steven Gerrard, recusou-se a alimentar a ideia de que o golo não validado possa servir de desculpa à eliminação nos oitavos de final e com uma goleada.

“Penso que o golo não validado pesou, mas não nos pode servir de desculpa. A Alemanha é uma equipa fantástica e mereceu a vitória”, disse, acrescentando que é tempo de reflectir no que não funcionou e porque a equipa não consegui ir mais longe.

Para o médio do Liverpool existiu hoje “uma falta colectiva” da Inglaterra e que a Alemanha não só mostrou uma “grande eficácia na hora de marcar”, como cometeu muito menos erros do que a sua equipa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.