Depois do “frango” de Green, no golo dos Estados Unidos, foi a fez este domingo do guardião argelino o imitar. Ao minuto 78, o capitão Koren rematou de fora da área e Chouachi deixou-a passar. Estava feito o único golo da partida que garante à Eslovénia o primeiro lugar do Grupo C e a primeira vitória em Mundiais.

Apesar deste golo, o jogo foi fraco, com duas equipas, ainda que bem organizadas e com um jogo simples, sem grandes rasgos, melhores na defesa que na construção de jogadas de ataque. Pouco antes do golo, a Argélia viu o seu melhor jogador, Ghezzal, ser expulso, por acumulação de amarelos, numa situação desnecessária.

Conta-se pelos dedos de uma mão as oportunidades durante toda a primeira parte. Com Halliche e Yebda no onze inicial, a Argélia teve duas boas hipóteses de inaugurar o marcador, mas sempre de bola parada: aos três minutos, de livre à entrada da área, bom remate de Belhadj para melhor defesa do guardião esloveno e aos 36’, após livre, Halliche cabeceou ao lado.

Do lado da Eslovénia, que faz aqui a sua segunda participação num Mundial, as oportunidades ainda foram mais escassas na primeira parte. Só a cinco minutos do final, Birsa atirou forte, mas sem consequências.

Na segunda parte, a história manteve-se. Mas Koren, ao minuto 78, mudou o rumo da história e deu os três pontos à Eslovénia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.