Os incidentes não revestiram grande gravidade e terminaram com a intervenção policial.

Os argentinos, segundo testemunhas oculares, provocaram os mexicanos quando Carlos Tevez marcou o terceiro golo alviceleste, com os mexicanos a replicaram aquando do golo de Javier Hernández.

No final do jogo, com os ânimos alterados, os dois grupos, que estavam próximos na bancada, envolveram-se em confronto generalizado.

Um adepto mexicano, de cara tapada por máscara, foi derrubado por argentinos e agredido quando estava no chão, após o que a polícia interveio.

A Argentina venceu por 3-1 e qualificou-se para os quartos de final.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.