A “estrela” da Costa do Marfim fracturou o cúbito num particular com o Japão, já foi operado e está a trabalhar à parte dos restantes companheiros, para evitar qualquer choque fortuito que possa agravar a lesão.

“Apesar de estar a melhorar de dia para dia, não podemos arriscar a que sofra qualquer contacto agora. Hoje já vai treinar, mas temos de estar preparados para o pior”, afirmou Eriksson, antes do treino de hoje.

Para o treinador sueco, a eventual ausência do jogador do Chelsea no encontro com Portugal, agendado para 15 de Junho, “será um grave contratempo”.

A Costa do Marfim integra o grupo G da primeira fase do Mundial2010 juntamente com Portugal, Brasil e Costa do Marfim.

A finalizar, Eriksson afirmou que se “tivesse que apostar 100 euros nos principais favoritos à vitória final, apostaria 50 na Espanha e 50 no Brasil”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.