O avançado do Chelsea e da selecção da Costa do Marfim foi operado a 05 de Junho a uma fractura do braço direito, sofrida no jogo de preparação entre a selecção africana e a do Japão, disputado na véspera, na Suíça.

“Está a evoluir muito bem. Se o jogo (com Portugal) fosse hoje ou sábado, não estaria em condições de jogar. Mas como ainda faltam alguns dias, ele poderá estar apto e jogar”, declarou Eriksson, mantendo o mistério em torno da utilização de Drogba frente a Portugal.

Segundo o ex-treinador do Benfica, o avançado do Chelsea sente-se “melhor a cada dia que passa” e tem vindo a fazer até hoje treino individualizado, de forma a evitar contactos directos com o braço imobilizado.

A Costa do Marfim defronta Portugal a 15 de Junho, em Port Elizabeth, no seu primeiro jogo do grupo G do Mundial, do qual fazem parte, igualmente, o Brasil e a Coreia do Norte.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.