Depois de Uruguai, Itália, RFA, Brasil, Inglaterra, Argentina e França, a 19.ª edição vai ser brotar um novo campeão, uma dúzia de anos depois de os gauleses se terem inscrito na lenda como os sétimos.

A Holanda, finalista vencida em 1974 e 1978, bateu terça-feira o Uruguai (3-2) e a Espanha, que nunca havia passado do quarto posto (1950), superou hoje a Alemanha (1-0), graças a um tento do central Carles Puyol, aos 73 minutos.

Na sua história, a Holanda tem como coroa de glória o título europeu de 1988, com Van Basten, Gullit, Rijkaard ou Ronald Koeman, enquanto a Espanha venceu a prova rainha do “velho continente” em duas ocasiões (1964 e 2008).

Curiosamente, há dois anos, a Espanha chegou ao título com um triunfo por 1-0 sobre a Alemanha, então com um tento de Fernando Torres, hoje suplente utilizado.

Na história dos Mundiais, o primeiro a ganhar foi o Uruguai (1930), que “bisou” após a II Guerra Mundial, em 1950, após um outro “bis”, do segundo campeão, a Itália (1934 e 38).

O terceiro a vencer foi a RFA, que ganhou em 1954, seguindo-se o Brasil, que ganhou dois títulos consecutivos (1958 e 62) e chegou ao “tri” e à Taça Jules Rimet em 1970, após o nascimento do quinto campeão, a anfitriã Inglaterra (1966).

A RFA chegou ao “bis” em 1974 e a Argentina tornou-se o sexto campeão em 1978, seguindo-se o “tri” da Itália (1982), o “bis” dos “albi-celestes” (1986), novo triunfo dos germânicos, o terceiro (1990), e o “tetra” do Brasil (1994).

Finalmente, em 1998, duas décadas após o sexto, apareceu o sétimo campeão, a França, vencedora no seu reduto. Depois, foi a vez de o Brasil alcançar o “penta” (2002) e a Itália o “tetra” (2006).

O Mundial2010, a decorrer na África do Sul, fará nascer o oitavo campeão do Mundo e também o primeiro europeu a vencer fora do “velho continente”, que passará também a liderar o “duelo” com a América do Sul (10 títulos, contra nove).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.