Os golos de Villa e Iniesta garantiram a passagem da selecção orientada por Vicente del Bosque, ambos apontados na primeira parte. No início da segunda parte, a equipa chilena reduziu a desvantagem mas mais não fizeram para ultrapassar a formação “La Roja”.

O suspeito do costume David Villa colocou a bola na baliza quando viu que Bravo não morava lá. O guarda-redes do Chile saiu da grande área para impedir um ataque de Torres mas colocou a bola nos pés do “El guaje” que, de primeira, atirou em balão para dentro de uma baliza vazia. Passavam 24 minutos de jogo.

Aos 37 minutos, Iniesta lançou Villa pela esquerda, o avançado devolveu para a zona central onde surgiu Iniesta a rematar, à entrada da área, sem hipótese para Bravo.

Já não bastava a derrota e a selecção do Chile viu ainda Marco Estrada ser expulso por ver dois cartões amarelos.

Logo a abrir a segunda parte, aos 47’, o Chile reduziu a desvantagem. Millar rematou em jeito na entrada da área, a bola desviou em Piqué e acabou por trair Casillas.

Espanha assalta a liderança e empurra o Chile para o segundo lugar. No outro encontro do grupo, a Suíça e as Honduras não marcaram, e ambas selecções estão foram do Mundial2010.

Espanha e Chile terminam a fase de grupos com seis pontos mas os espanhóis saem em vantagem no saldo de golos. Suiça, em terceiro lugar com quatros pontos, e Honduras, em último com apenas um ponto somado, ficam arredadas do Mundial

Portugal medirá forças com Espanha na terça-feira e Chile com o Brasil um dia antes, em jogos dos oitavos de final do Mundial2010.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.