“É uma óptima sensação começar com três pontos frente a um candidato ao título”, começou por confidenciar Ottmar Hitzfeld, assumindo que foi algo inesperado:

“Foram três pontos inesperados e fiquei satisfeito pela grande prestação da equipa. O Chile vai ser tão difícil como a Espanha, mas certamente vamos estar muito confiantes graças a este resultado.”

O alemão reconheceu que foi precisa uma dose de sorte para levar de vencida a campeã europeia mas preferiu destacar o mérito e determinação dos seus jogadores:

“É preciso ter um pouco de sorte. Mas estivemos muito concentrados e organizados. Aliás, a Espanha não teve grandes oportunidades na primeira parte. Isso enervou a Espanha e no segundo tempo sabíamos que iam abrir espaços e tentámos aproveitá-los em contra-ataque.”

O seleccionador dos helvéticos que defender bem era o essencial da estratégia que trouxe para este jogo, e entre elogios a Gelson Fernandes e Diego Benaglio referiu que há já que pensar no próximo desafio frente ao Chile.

“Agora podemos celebrar esta vitória mas temos de nos manter concentrados para o que resta desta primeira fase”, concluiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.