Ronaldo pôs hoje fim a quase dois anos sem golos com a camisola de Portugal, mas limitou-se a sorrir sem grandes festejos. "Foi um golo engraçado e deu-me vontade de rir", explicou o jogador português, que assinou o seu 23º tento pela equipa das quinas.

"Fomos uma equipa colectiva, fizemos um futebol muito agradável e quem viu o jogo, gostou. Contra o Brasil vai ser complicado, jogámos contra uma das melhores selecções do Mundo, mas vamos confiantes", afirmou Ronaldo na zona mista posterior à goleada histórica de Portugal no Mundial.

O capitão da selecção foi distinguido como o melhor jogador em campo pelos adeptos, mas fez questão de entregar o prémio a Tiago: "Ele foi o melhor jogador que esteve em campo", resumiu Ronaldo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.