A polícia da Cidade do Cabo foi hoje obrigada a dispersar uma manifestação de centenas de seguranças, momentos antes do jogo entre Paraguai e Itália, de abertura do Grupo F do Mundial de futebol da África do Sul.

De acordo com informações no local, o jogo – apesar da manifestação surpresa – manter-se-á e será disputado, já que os seguranças foram substituídos pela polícia da Cidade do Cabo, não havendo por isso problemas quanto à segurança do encontro (com início as 19:30, horas de Lisboa).

Esta é a segunda manifestação do género desde o começo do Mundial: os seguranças contratados para os estádios defendem que os ordenados têm sido reduzidos e alertam para os valores superiores que tinham sido acordados inicialmente.

No domingo, em Durban, os manifestantes demoraram mais tempo a dispersar, tendo sido necessário o recurso a gás lacrimogéneo.

Hoje, a situação foi controlada mais facilmente. A FIFA ainda não fez qualquer comentário a esta situação.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.