A Holanda não conhece outro resultado que não seja a vitória. Depois de uma fase de apuramento exemplar, com oito triunfos em outros tantos jogos, os holandeses chegaram ao Mundial embalados no mesmo ritmo avassalador e ‘limparam’ o seu grupo.

Esta noite, diante dos já eliminados Camarões, até o empate chegava para assegurar o primeiro posto, mas a equipa de Bert Van Marwijk cumpriu a sua promessa e não baixou a guarda num jogo sem pressão e que por isso podia dar azo a facilitismos.

Todavia, a selecção africana entrou disposta a limpar a sua pobre imagem neste Mundial e começou melhor a partida, exercendo pressão, mas sem a acutilância necessária para importunar a defesa holandesa.

Assim, depois de alguns avisos, foi a Holanda a inaugurar o marcador, através de Van Persie. Depois dos rumores de que ia ser poupado devido a um cartão amarelo, o dianteiro do Arsenal ‘picou o ponto’ aos 36 minutos e voltou a marcar num Mundial, depois de semelhante proeza no Alemanha’2006.

A ‘Laranja Mecânica’ surgia hoje vestida de branco, mas a eficiência não se perdeu. Sem serem espectacular, os holandeses mostram-se sólidos e capazes de jogar a bom nível.

A toada manteve-se no regresso do intervalo, mas as substituições holandesas quebraram um pouco o desempenho, permitindo uma boa reacção dos Camarões, que assim chegaram ao golo graças a um penálti convertido por Eto’o (65’), na sequência de uma mão na área de Van der Vaart.

Bert Van Marwijk aproveitou então para dar alguns minutos de rodagem a Robben e o talentoso extremo holandês provou ser a carta escondida na manga pelo seleccionador.

O jogador do Bayern Munique começou de imediato a espalhar o caos no ataque e foi dos seus pés que nasceu o golo da vitória. Robben isola-se, faz um remate fantástico de fora da área ao poste e na sobra é Huntelaar (outro suplente) a confirmar o triunfo holandês (83’). Depois até podiam ter surgido mais golos, mas os avançados da laranja já tinham fechado a colheita perante uns Leões completamente domados neste Mundial.

A Holanda assegura assim o primeiro lugar do grupo E e vai encontrar nos oitavos-de-final a selecção da Eslováquia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.