“Nós podemos estar satisfeitos com a nossa arbitragem dadas as circunstâncias e nós fizemos o melhor que podíamos”, comentou Webb no regresso a Inglaterra, acrescentando: “Foi um dos jogos mais difíceis” da carreira, “extremamente duro de julgar”.

Webb, que mostrou 14 cartões amarelos e validou o golo de Iniesta, apesar de o espanhol ter estado momentaneamente em situação de fora de jogo, considera que o seu trabalho foi realizado em condições “difíceis”.

Entre outras decisões, o juiz da final foi criticado pela expulsão do holandês John Heiting sete minutos antes do golo da vitória espanhola e por não ter mostrado o cartão vermelho ao holandês De Jong por uma entrada “marcial” sobre Xabi Alonso.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.