Andrés Iniesta está recuperado de um edema muscular, mas Del Bosque reserva uma decisão definitiva sobre a sua utilização no jogo do Grupo H, em Durban, para depois de uma conversa com o corpo médico e o jogador do FC Barcelona.

"Iniesta treinou bem ontem (segunda feira) e também hoje. Teremos umas horas para tomar a decisão mais oportuna. Pensamos no amanhã, mas, se avançarmos no Mundial, não queremos perder ninguém", disse del Bosque, no lançamento do jogo com os suíços.

O responsável técnico da equipa espanhola, campeã europeia em título, referiu pensar também em outras opções na formação inicial, como o avançado Fernando Torres e Pedro Rodríguez ou os médios Cesc Fabregas, Jesús Navas e Juan Mata.

"Os 23 jogadores que temos estão em perfeitas condições para poderem jogar. Teremos bastantes opções", limitou-se a dizer, sem confirmar qualquer opção
Do lado da Suíça, o seleccionador Ottmar Hitzfeld assumiu que "é preciso marcar um ou dois golos".

"Jogar para o 0-0 contra a Espanha é muito duro, poucas equipas foram bem sucedidas", salientou, prometendo uma equipa suíça audaciosa, apesar do goleador Alexander Frei não jogar, assim como o médio Valon Berhami, ambos a recuperarem de problemas físicos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.