O central português assumiu que era “importante criar e marcar e foi o que aconteceu”, esta tarde, na vitória por 7-0 frente à Coreia do Norte, mas que a selecção “já se sentia confiante”, embora os golos tenham “facilitado”.

Com um pé nos “oitavos”, bastando para isso empatar com o Brasil, o defesa do Chelsea garante: “O empate qualifica-nos, mas não vamos entrar para empatar”.

Para Ricardo Carvalho, o jogo de hoje foi “perfeito” e agora o pensamento já está no último encontro.

“O Brasil é uma grande equipa e vamos ver se conseguimos bater-nos de igual para igual. Com a Costa do Marfim o jogo não nos estava a correr como nós queríamos. Claro que a Costa do Marfim tem bons jogadores, mas as coisas não saíam”, sublinhou.

Portugal goleou hoje a Coreia do Norte por 7-0, em jogo da segunda jornada do Grupo G.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.