O defesa central e ex-capitão da Inglaterra, John Terry, pediu desculpas ao seleccionador Fabio Capello, depois de ter criticado as opções do técnico italiano durante o Campeonato do Mundo.

"Apresentei-me na conferência de Imprensa com o propósito de ser honesto. Colocaram-me uma questão sobre Joe Cole e eu posso ter ido longe demais. Nunca foi minha intenção magoar o seleccionador e, se isso aconteceu, peço desculpa", disse Terry em declarações publicadas no jornal Daily Mail.

A Inglaterra encontra-se numa posição delicada no Grupo C somando apenas dois pontos em dois jogos. O grupo de Fabio Capello deu sinais de perturbação após o jogo com a Argélia. John Terry reforça o seu apoio a Capello e defende que nunca quis perturbar o grupo.

“Já disse ao meu treinador que tem todo o meu apoio e insisto que nunca quis perturbar o grupo”.

A Inglaterra defronta o líder do Grupo C, Eslovénia, esta quarta-feira na derradeira jornada da fase de grupos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.