O seleccionador da Itália, Marcello Lippi, elegeu hoje a tenista Francesca Schiavone, vencedora em Roland Garros, "símbolo" da equipa que vai defender o título de campeã no Mundial de futebol da África do Sul.

Em Genebra, onde a Itália empatou com a Suíça (1-1) no sábado, Lippi assistiu à final de Schiavone, em Paris, através da televisão e ficou entusiasmado com a entrega da italiana, de 29 anos, a primeira a vencer uma prova do "Grand Slam" de ténis.

"Vi desde o primeiro ponto até à vitória e, a partir de agora, ela é o nosso símbolo", disse o seleccionador italiano, recordando que, no Mundial da Alemanha, em 2006, a selecção transalpina adoptou como símbolo a "Setterosa", a equipa italiana de pólo aquático feminina, campeã olímpica em Atenas2004.

"Hoje, é Shiavone quem nos entusiasma", disse, explicando o porquê: "A sua luta, a sua paixão e o seu coração. É a imagem do nosso Mundial".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.