“Defensivamente não demos muitas hipóteses”, disse Bielsa no final do encontro, apesar de admitir que o adversário “teve vários problemas com jogadores lesionados, e pode não ter conseguido mostrar todo o seu potencial”.

O treinador argentino explicou a “poupança” do avançado Humberto Suazo, que estava apto para jogar, explicando que o jogador “esteve muito tempo sem poder treinar normalmente e precisa de se adaptar”.

Do lado das Honduras, Alexis Mendoza, o adjunto que substituiu o seleccionador Reinaldo Rueda, castigado, considerou que a equipa hondurenha “não fez uma boa partida” e tem de “trabalhar mais”.

“Foi um jogo disputado e o nosso guarda-redes esteve muito bem”, afirmou Alexis Mendoza, reconhecendo que a equipa “tem de melhorar nos próximos jogos”.

O Chile venceu hoje as Honduras por 1-0, com um golo de Jean Beuasejor, aos 34 minutos, e assumiu provisoriamente a liderança do grupo, no qual se defrontam agora a Espanha e a Suíça.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.