O internacional português Nani, do Manchester United, chegou hoje a Lisboa e afirmou estar “muito triste” pelo facto de ter abandonado o Mundial de futebol que decorre na África do Sul, devido a lesão.

“Estou muito triste. Acreditei que este podia ser o meu Mundial, que ia correr tudo bem, estava em excelente forma, a jogar bem, mas tive a infelicidade de me lesionar poucos dias antes de começar o campeonato”, disse o jogador do Manchester United.

Segundo Nani, “agora é recuperar o mais rapidamente possível”.

Nani foi dado como inapto pelo departamento médico da selecção portuguesa já na África do Sul, devido a um traumatismo na clavícula considerado não recuperável para a competição, e para o seu lugar foi chamado o médio do Benfica Ruben Amorim

Em comunicado oficial, a Federação Portuguesa de Futebol explicou: "Na sequência do traumatismo, envolvendo a clavícula esquerda, sofrido pelo jogador Nani e após avaliação diária da evolução da lesão, com a realização de exames complementares, concluímos pela inaptidão competitiva do referido jogador".

A selecção portuguesa fica assim mais debilitada do ponto de vista atacante, já que Nani estava a fazer uma grande temporada, tendo inclusive marcado um golo no jogo particular frente aos Camarões, no decorrer do estágio de preparação de Portugal realizado na Covilhã. 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.