Depois de empatarem quinta-feira com o Paraguai a zero bolas, os neozelandeses terminaram a fase de grupos com três pontos de outros tantos empates já que tinham obtido outras igualdades, a uma bola, com a Itália e com a Eslováquia.

O Paraguai garantiu com o empate de quinta-feira a passagem à segunda fase com cinco pontos, seguido da formação da Eslováquia com quatro pontos depois de uma vitória por 3-2 sobre a Itália que foi afastada da competição logo na fase de grupos.

“Vão regressar à Nova Zelândia como heróis e na minha opinião foi uma árdua tarefa o que conseguiram apesar de não se terem qualificado, mas estamos orgulhosos do resultado”, afirmou John Key à rádio “New Zealand”.

“Deram tudo, estiveram à altura de um grande Paraguai e igualmente defrontaram a Eslováquia e a Itália e mostraram que são uma equipa com coragem, que joga pelo conjunto e estão disciplinados”, concluiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.