O porta-voz da organização, Rich Mkhondo, disse que a polícia está preparada para substituir os seguranças [stewards] da empresa Stallion no Ellis Park, caso estes decidam seguir o exemplo dos seus colegas, que já se manifestaram na Cidade do Cabo e em Durban.

“Os organizadores da prova não vão permitir que qualquer ação coloque em risco o Mundial”, disse Mkhondo.

As negociações entre a Stallion e os representantes dos trabalhadores continuam.

A empresa tem também a segurança do estádio Soccer City, em Joanesburgo.

Cerca de dois mil “stewards” manifestaram-se segunda-feira, em Durban, exigindo o pagamento de salários e a intervenção da FIFA.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.