"Quem vai alguma vez esquecer as imagens que correram o mundo, dele agarrado ao troféu? É graças a Nelson Mandela e aos seus camaradas que os sul-africanos pudera, atrever-se a sonhar organizar o maior evento mundial", disse Danny Jordaan, director executivo do Mundial2010.

No dia em que se celebram 20 anos da libertação de Nelson Mandela, após 27 anos na prisão, Danny Jordaan referiu que é também graças a Mandela que o Mundo pôde confiar na África do Sul em entregar a organização de um evento de nível internacional.

Nelson Mandela, Prémio Nobel da Paz em 1993, integrou a comitiva da África do Sul que apresentou a candidatura à organização da prova e esteve presente quando, a 15 de Maio de 2004, Joseph Blatter, presidente da FIFA, anunciou o país como organizador da prova em 2010.

"A partir de 11 de Junho milhares de sul-africanos e os nossos amigos de todo o Mundo vão estar a festejar. Vão celebrar a abertura do maior espectáculo desportivo do planeta e a chegada dos melhores futebolistas. E isso acontecerá no momento em que dezenas de milhar de sul-africanos comemoram a libertação de Mandela", acrescentou.

E, a concluir, resumiu o legado de Mandela: "Ele deu-nos um impulso e crença nas nossas potencialidades para um feito que muitos pensavam ser impossível, pelo que nós e o país lhe estaremos eternamente agradecidos".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.