O Uruguai venceu hoje o México por 1-0, na última ronda da fase de grupos e as duas selecções garantiram a qualificação para os oitavos de final, em detrimento de África do Sul e França, que foram afastadas.

“Pensar nisso é um insulto para os jogadores e para os treinadores. As equipas querem sempre conquistar alguma coisa em todos os jogos”, disse Óscar Tabarez, seleccionador do Uruguai, garantindo “felicidade” pelo apuramento.

O avançado uruguaio Diego Forlan também rejubilou com o apuramento e garantiu que o “mais importante foi a qualificação em primeiro lugar do grupo”.

Do lado do México, o seleccionador Javier Aguirre lamentou a derrota perante o Uruguai, mas recordou que o mais importante, “a qualificação”, tinha sido alcançado“.

O nosso objectivo está totalmente cumprido. Claro que gostaríamos de ter ganho e tudo fizemos para isso, mantendo o mesmo estilo de jogo. Não foi possível, mas estamos nos oitavos de final”, sintetizou o treinador.

O capitão do México, Rafael Marquez falou num “jogo pouco conseguido” e garantiu que a sua selecção “tem agora de melhorar”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.