Pepe e Deco, que se destacaram no futebol português ao jogar pelo FC Porto, com o qual foram campeões, optaram por naturalizar-se portugueses para poderem ser opção para o então seleccionador, o brasileiro Luiz Felipe Scolari.

“Felipão” chegou mesmo a contar com os jogadores, primeiro com Deco e depois com Pepe, enquanto Liedson, o terceiro naturalizado a jogador por Portugal no presente mundial, já chegou na "era" Queiroz.

“Sou brasileiro e sei que a infância do Pepe foi toda aqui no Brasil. Mas sou mais pela minha família. Vou torcer pelo Pepe, claro. Com o meu filho a jogar, tenho de torcer por Portugal. Mas, em qualquer outro jogo, sou Brasil, claro”, disse Anael Ferreira, pai do defesa central do Real Madrid.

Apesar de apoiar o filho no confronto de hoje, Anael Ferreira apostou na selecção canarinha: “A equipa do Brasil joga demais, é uma grande equipa. Coloquei 2-1 para o Brasil numa aposta em que estou a participar”.

Já o pai de Deco avançou ao site da Internet do jornal A Folha (Estado de São Paulo) que se sentirá realizado se as duas equipas seguirem para os oitavos de final, mas também tem dificuldade em apostar numa derrota dos brasileiros.

“Eu não tenho hábito (de apostar), mas arriscaria um placar de 1-1 ou 2-2. Torço para o Brasil, mas nesse jogo um pouco mais para Portugal. Torcemos para onde o nosso filho está. Mas estou torcendo para que passem os dois”, disse Ozías Souza, pai de Deco.

Mas os dois jogadores, outrora titulares absolutos na equipa do seleccionador Carlos Queiroz, poderão não jogar hoje.

Deco, que foi titular no primeiro jogo de Portugal frente à Costa do Marfim (0-0), deve ficar de fora devido a uma lesão na anca.

Já Pepe, ainda poderá ser opção para o seleccionador, apesar de ter passado os últimos seis meses praticamente sem jogar devido a uma lesão no joelho, uma vez que Queiroz poderá querer dar minutos ao seu defesa central.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.