Quem apostar em Portugal só terá direito a prémio caso os “navegadores” vencerem a partida com pelo menos dois golos de vantagem face à Costa do Marfim, caso contrário recebem apenas o valor da aposta no caso de vencer com uma diferença de um golo.

Noutra fórmula de apostas, a dos golos marcados no jogo, quem acreditar, e acertar, que serão marcados menos de dois golos na partida é pago a 1,75 patacas por cada uma apostada (17,5 cêntimos de euro por cada dez cêntimos apostados) contra as 2,05 patacas (20 cêntimos de euro) para quem apostar que haverá mais de três golos.

Com várias fórmulas de apostas, a crença na vitória da Costa do Marfim é paga a 3,16 patacas (31,6 cêntimos de euro por cada dez cêntimos apostados), o empate a 3,2 patacas (32 cêntimos de euro) e a vitória portuguesa a 2,1 patacas (21 cêntimos de euro).

Já para o jogo entre Brasil e Coreia do Norte, quem apostar, e acertar, em menos de três golos no desafio tem um prémio de 1,03 patacas (10,3 cêntimos de euro) por cada pataca apostada, enquanto que menos de três golos paga um prémio de 1,92 patacas (19,2 cêntimos de euro).

A aposta na vitória do Brasil é paga com 1,03 patacas (10,3 cêntimos de euro), o empate é pago a dez patacas (1 euro) e a vitória da Coreia do Norte a 29 patacas (2,9 euros).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.