O avançado Niklas Bendtner foi o último a marcar um golo a Portugal em jogos oficiais, no empate entre Portugal e a Dinamarca (1-1), na fase de apuramento para o Mundial2010 de futebol.

Até ao final da qualificação e no primeiro encontro do Mundial2010, Portugal não sofreu qualquer golo, o que significa um recorde de seis encontros oficiais sem que Eduardo tenha sido batido.

No final de um apuramento sofrido, Portugal conseguiu dois triunfos sobre a Hungria (1-0 em Budapeste e 3-0 em Lisboa) e goleou Malta (4-0), garantindo a presença no “play-off”, no qual bateu duas vezes a Bósnia-Herzegovina, por 1-0.

Na estreia no Mundial2010, Portugal empatou a zero com a Costa do Marfim e defronta agora a Coreia do Norte, estando guardado para 25 de Junho o principal teste à defesa lusa, quando a “equipa das quinas” jogar com o Brasil.

Nos últimos 10 encontros – entre particulares e oficiais -, Portugal sofreu apenas um golo, na vitória sobre os Camarões, por 3-1, num jogo de preparação na Covilhã.

Antes de o conjunto orientado por Queiroz estar seis jogos oficiais sem sofrer golos, Portugal tinha conseguido duas vezes estar cinco partidas com as suas redes invioladas.

A primeira das quais aconteceu com Carlos Queiroz, na sua primeira passagem pelo comando técnico da selecção, conseguindo triunfos sobre Escócia (5-0), Malta (4-0), Suíça (1-0) e dois sobre a Estónia (2-0 e 3-0).

Também António Oliveira esteve cinco jogos oficiais sem sofrer golos, em 1996 e 1997, assim como Humberto Coelho, entre 1998 e 1999.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.