A pouco mais dedois meses do Mundial da África do Sul, a Selecção Nacional ocupa o quarto lugar do ranking da FIFA, só atrás da líder Espanha, do adversário na fase de grupos Brasil e da Holanda, subindo dois lugares em relação ao último ranking.

Um lugar que dá outra visibilidade à equipa das quinas e que a coloca à frente da campeã do Mundo em título, a Itália (5ª), da veterana Alemanha (6ª), de uma das favoritas do presidente da UEFA, Michel Platini, a Inglaterra (7ª), da outrora grande potência, a França (8ª) e da eterna favorita, selecção do melhor do Mundo, a Argentina (9ª). A fechar o top-10, está a Croácia.

As alterações na tabela do organismo máximo do futebol mundial têm por base o desempenho das equipas aquando dos jogos de qualificação para o Mundial.