“Renunciamos a todos os prémios, não aceitaremos nem um cêntimo”, declarou Patrice Evra na zona mista do estádio do Mangaung, após a derrota frente à África do Sul, por 2-1, que confirmou o afastamento dos gauleses.

O acordo assinado entre a Federação Francesa de Futebol e os jogadores estabelecia que não haveria pagamento de qualquer prémio caso a equipa fosse eliminada na primeira fase da competição.

Contudo, as verbas de “marketing” geradas pela selecção francesa deveriam ser repartidas por todos os elementos da equipa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.