“Tentei apenas ganhar posição e, depôs, houve um toque no Capdevila. Ele atirou-se para o chão e o árbitro pensou que eu o tinha agredido. Estava apenas a dar o máximo para ajudar a selecção, mas, infelizmente, aconteceu a expulsão", disse Ricardo Costa, de novo utilizado a defesa direito.

O atleta, próximo elemento do plantel do Valência, disse ainda que, “individualmente, as coisas estiveram bem”, mas lamentou o afastamento de Portugal.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.